Altobeli está pronto e vê dois concorrentes pelo título da São Silvestre; confira entrevista

28/12/2014 21:13
Rafael Gonçalves/VaiCorrendo.com
 
Atleta de Catanduva que tem uma vasta coleção de troféus conquistados na região de Ribeirão Preto, Altobeli Silva está preparado para ser a grande surpresa da 90ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, nesta quarta-feira (31), em São Paulo. Embora pouco comentado nacionalmente e fora da lista de favoritos elaborada pela imprensa paulistana, o corredor que foi contratado pelo Cruzeiro Esporte Clube (MG) no início do ano vê apenas dois concorrentes pelo título: o etíope Tariku Bekele, campeão em 2011, e o queniano Mark Korir.
 
Nesta semana, após encerrar a sua preparação na altitude de Campos do Jordão, Altobeli realizou um teste de 10 km na pista do Centro Olímpico Maria Zeferina Baldaia, em Sertãozinho. E "arrebentou", fechando o treinamento na casa dos 28 minutos, uma marca que equivale à de um queniano - o recorde mundial de 2014, nos 10 km, foi de 27min25s, conquistado por Stephen Sambu, do Quênia, em Boston (EUA).
 
Em 2013, quando ainda não tinha uma equipe de ponta, Altobeli ficou em oitavo lugar na São Silvestre (46min02s) pela manhã, viajou até a região de Ribeirão Preto logo em seguida e venceu os 10 km da São Silvestre de Brodowski (29min21s), no mesmo dia.
 
O fundista que representará o interior paulista - e a região de Ribeirão Preto -, podendo repetir a história de Maria Zeferina Baldaia, campeã em 2001, e de Anoé dos Santos Dias, terceiro colocado em 2007, concedeu uma entrevista ao VaiCorrendo.com. Confira na íntegra:
 
 
VaiCorrendo.com: Está preparado para represetar o Brasil diante de africanos favoritos?
Altobeli Silva: Eu não creio no meu favoritismo, mas acredito que eu possa brigar pelo pódio ou, até mesmo, pela vitória. Algo que Catanduva não teve nos últimos 15 anos ou mais. Estou pronto e muito preparado. Creio em Deus e que tudo vai dar certo.
 
VC: Quem será o seu maior adversário para vencer a São Silvestre?
AS: O etíope Tariku Bekele, medalhista olímpico em 2012, e o queniano Mark Korir.
 
VC: Ultimamente, você tem feito 15 km para quanto tempo?
AS: Fiz em 46min em 2013 [na São Silvestre], mas pelos meus treinos, hoje eu acredito que eu corro para 43min a 44min. Não tenho feito provas de 15 km em 2014, mas pelos meus 10 km, que são em 28min33s, eu posso sim correr com uma grande marca nos 15 km.
 
VC: Com 43 minutos você briga pelo título...
AS: Sim, estou muito bem preparado para isso. Fiz a minha preparação em Campos do Jordão.
 
VC: Treinou em Sertãozinho, também?
AS: Treinei sim, e fiz um ótimo treinamento.
 
VC: Reserva alguma estratégia para vencer a São Silvestre?
AS: Suportar os primeiros 5 km, que são rápidos, administrar atrás do pelotão de onde sairá o campeão e aguentar a quebra de ritmo até que eu veja a melhor situação para tentar vencer.
 
VC: Valeu, Altobeli. Muito obrigado. A região de Ribeirão Preto está torcendo por você! Vai na fé e faça a sua história!
AS: Eu que agradeço. Vamos aguardar, que venha um título para a nossa região, e que dê tudo certo na hora certa e no local certo. Pois já estou preparado.