Com Altobeli e Samwe, Brasil e Tanzânia vencem a Corrida do Trabalhador de Sertãozinho

12/05/2014 09:11
Foto: Tiago Tibério/VaiCorrendo.comRafael Gonçalves/VaiCorrendo.com
 
O "clássico" das corridas de rua entre América do Sul e África terminou empatado em 1 a 1 nos 10 km da sétima edição da Corrida do Trabalhador Maria Zeferina Baldaia, na manhã deste domingo (11), na Vicinal Octávio Verri, em Sertãozinho. O paulista Altobeli Silva, do Cruzeiro (MG), venceu a prova masculina ficando à frente do tanzaniano Hillary Kipgetich Kibet, da Luasa Sports, de Taubaté, com apenas seis segundos de diferença: 30min09s x 30min15s. Poucos minutos depois, na prova feminina, a queniana Samwe Fadhila Salum, também da Luasa, empatou a disputa ao vencer a paulista Jaciane Barroso Araújo, do Gran Cursos Caixa, com larga vantagem de 37 segundos: 35min01s x 35min38s.
 
Os dois campeões faturaram a alta premiação de R$ 3 mil na principal prova da cidade, organizada pela Paulinho Sports e com divulgação oficial do VaiCorrendo.com. Os vices ficaram com R$ 2 mil. Foi a segunda vez consecutiva que Altobeli Silva, de Catanduva, conquistou o título da Corrida do Trabalhador, igualando a marca de Sueli Pereira, campeã em 2009 e 2011.
 
O pódio masculino ainda teve Luis Paulo da Silva Antunes, da Assem de São José dos Campos (30min40s), Elessandro Aparecido Oliveira, da Pileu Team (30min47s) e Carlos de Oliveira Santos, da Pé de Vento (30min59s). Entre as mulheres, também foram ao pódio Edielza Guimarães, do Cruzeiro (36min47s), Maria Zeferina Baldaia, da Ascoruse (36min49s, em quarto lugar) e Franciele Maria de Oliveira, da Astorga/Acorremar (37min04s). Eles receberam R$ 1,5 mil, R$ 1 mil e R$ 500, respectivamente.
 
Campeões da região nos 5 km
A prova de 5 mil metros da Corrida do Trabalhador teve dois vencedores da região. Rodrigo Neves Torres, da equipe de Ribeirão Preto Cláudio Ribeiro, cravou 16min10s e faturou o título. Já Elisangela Marques de Oliveira, da Feac/Franca, registrou 19min51s para comemorar a vitória - não houve premiação em dinheiro no 5 mil metros.
 
A grande surpresa ficou por conta do garoto Walace Evangelista, que compete pela Ascoruse e tem apenas 16 anos de idade, segundo a organização da prova. Walace fechou o percurso com impressionantes 16min22s e foi o segundo colocado vencendo corredores experientes como Adriano Oliveira dos Santos (ABA/Bebedouro), Marcos Diogo (Running For Life) e Francisco Kenedy Caetano (Orlândia), que também subiram ao pódio.
 
Entre as mulheres, os troféus de segundo a quinto lugares ainda foram para Maria Picoli de Oliveira (Esporte Fino), Iara Karina Vicente (Ascoruse/Mac Máquina), Marina Nassar Costa (Pacer) e Adriana Cândido de Souza (Feac/Franca). Confira abaixo toda a formação dos pódios.
 
MASCULINO | 10 KM
POS ATLETA TEMPO
1 Altobeli Santos da Silva 30min09s
2 Hillary Kipgetich Kibet 30min15s
3 Luis Paulo da Silva Antunes 30min40s
4 Elessandro Aparecido Oliveira 30min47s
5 Carlos de Oliveira Santos 30min59s

 

FEMININO | 10 KM
POS ATLETA TEMPO
1 Samwe Fadhila Salum             35min01s
2 Jaciane Barroso Araújo 35min38s
3 Edielza Guimarães 36min47s
4 Maria Zeferina Baldaia 36min49s
5 Franciele Maria de Oliveira 37min04s

 

MASCULINO | 5 KM
POS ATLETA TEMPO
1 Rodrigo Neves Torres                 16min10s
2 Walace Evangelista 16min22s
3 Adriano Oliveira dos Santos 16min27s
4 Marcos Diogo 16min50s
5 Francisco Kenedy Caetano 16min54s

 

FEMININO | 5 KM
POS ATLETA TEMPO
1 Elisangela Marques de Oliveira   23min40s
2 Mariana Picoli Oliveira 24min54s
3 Iara Karina Vicente 25min09s
4 Marina Nassar Costa 25min20s
5 Adriana Cândido de Souza 25min22s