Atletismo brasileiro volta a dominar a Meia Maratona do Rio de Janeiro após oito anos

20/10/2016 10:25
Foto: Sérgio Shibuya/MBraga ComunicaçãoDa reportagem/VaiCorrendo.com
 
No primeiro grande evento internacional após os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016, a Cidade Maravilhosa foi palco da 20ª Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro (foto da largada). E, após uma espera de oito anos, no último domingo (16), o atletismo nacional voltou ao topo do pódio da competição e garantiu a dobradinha com o mineiro Giovani dos Santos e a paranaense Joziane Cardoso, ambos da equipe Pé de Vento.
 
Giovani fez o belo percurso de 21.097 metros, largando na Praia de São Conrado e chegando no Aterro do Flamengo, com tempo de 1h04min47s, com boa vantagem para o segundo colocado, o queniano Joseph Aperumoi (Luasa Sports), 1h05min08s. Gilmar Silvestre Lopes (Cruzeiro) ficou em terceiro, com 1h05min32s.
 
Já Joziane marcou o tempo de 1h17min58s, seguida pela brasileira Valdilene Silva (Pinheiros), 1h18min17s, a pela atleta queniana Leah Jerotich (Coquinho), 1h18min32s. O atletismo brasileiro não tinha campeões na Meia do Rio desde 2008, quando as vitórias foram de Marilson Gomes dos Santos e de Maria Zeferina Baldaia.
 
Na elite masculina, o atleta Giovani dos Santos, vice em 2015 e um dos favoritos deste ano, desta vez não deixou escapar a vitória que faltava ao seu currículo de muitas conquistas. Ele revelou que, desta vez, optou por usar uma estratégia diferente durante a prova e o resultado positivo acabou acontecendo. 
 
"Este ano resolvi observar o ritmo dos atletas quenianos nos primeiros 15 quilômetros, ou seja, manter o mesmo ritmo que eles para ganhar espaço nos quilômetros finais, e deu certo. Apesar do calor consegui seguir forte sem deixar o rendimento cair", destacou Giovani, que foi às lágrimas assim que cruzou a faixa de chegada. O atleta agora focará seus treinamentos para a Volta da Pampulha e a Corrida Internacional de São Silvestre, ambas em dezembro.
 
Joziane também escolheu uma tática diferente, com um começo mais cauteloso e deixando para pressionar no final. A partir do 16º km, sentido-se bem, arriscou, conseguiu se distanciar e vencer sem muita pressão. "Foi super tranqüilo. Não desmerecendo minhas adversárias, mas não cheguei a sofrer", declarou a campeã de 2016.
 
 

20ª MEIA MARATONA INTERNACIONAL | RIO DE JANEIRO-RJ

MASCULINO | 21 KM
POS ATLETA PAÍS TEMPO
1 Giovani dos Santos 1h04min47s
2 Joseph Kachapin Aperumoi/QUE    1h05min08s
3 Gilmar Silvestre Lopes 1h05min32s
4 Edmilson dos Reis Santana 1h05min39s
5 Eliya Daudi Sidame/TAN 1h06min10s
 
FEMININO | 21 KM
POS ATLETA PAÍS TEMPO
1 Joziane Da Silva Cardoso 1h17min58s
2 Valdilene dos Santos Silva 1h18min17s
3 Leah Jerotich/QUE 1h18min32s
4 Andreia Aparecida Hessel 1h18min50s
5 Jacklyne Chemwek Rionoripo/QUE 1h19min01s

 

*O VaiCorrendo.com não se responsabiliza por erros de nomes, colocações, tempos e equipes divulgados oficialmente pelas empresas de cronometragem.
Foto: Sérgio Shibuya/MBraga Comunicação

© Proibida a reprodução em outras mídias.