Corrida da Emancipação promove duelo entre a "nata" da elite; Cruzeirense é campeã

19/07/2015 20:45
Foto: Marcos P. Tavares/VaiCorrendo.comDa reportagem/VaiCorrendo.com
 
Quando a largada foi dada em frente à Praça do Skate, na manhã deste domingo (19), um pelotão de elite diferenciado começou a cruzar as ruas de Pitangueiras com um pace que, por alguns momentos, chegou a ficar abaixo dos 3min. Logo nos primeiros metros, os corredores atingiram velocidade impressionante em busca do título da 7ª Corrida da Emancipação de Pitangueiras, na região de Ribeirão Preto.
 
Atleta de ponta do Cruzeiro Esporte Clube, Jaciane Barroso Araújo foi a grande campeã da prova ao registrar o tempo de 23min23s no percurso que teve precisamente 7,4 km, embora a prova tenha sido anunciada como sendo de 8 km. Thaynara Alves Pedroso foi a vice-campeã ao cravar 25min44s.
 
Entre os homens, a disputa foi ainda mais forte, contando até com um colombiano. José Magno dos Santos Mota, da equipe Asacorre, de Americana, venceu a prova com a marca de 21min25s, seguido por Carlos de Oliveira Santos, da Pé de Vento (RJ), com 21min29s. O atleta Ivan Gonzalez, da Colômbia, ficou em terceiro lugar.
 
Cada vencedor faturou o prêmio de R$ 1 mil, enquanto que os segundos colocados ficaram com R$ 700. Terceiros (R$ 600), quartos (R$ 400) e quintos (R$ 300) também receberam premiação em dinheiro.
 
 
 

7ª CORRIDA DA EMANCIPAÇÃO DE PITANGUEIRAS

MASCULINO | 7,4 KM
POS ATLETA EQUIPE TEMPO
1 José Magno dos Santos Mota       Asacorre/Americana 21min25s
2 Carlos de Oliveira Santos Pé de Vento/Caixa 21min29s
3 Ivan Gonzalez/COL Luasa Sports 21min37s
4 Edson Britto Asacorre/Americana 21min50s
5 Anderson Souza da Cruz Arpa/São J. R. Preto 22min27s
 
FEMININO | 7,4 KM
POS ATLETA EQUIPE TEMPO
1 Jaciane Barroso Araújo Cruzeiro E.C, 25min23s
2 Thaynara Alves Pedroso Arpa/Unifeb 25min44s
3 Tatiana Rodrigues Fernandes W1nner/Sigmatec 26min03s
4 Maria Zeferina Baldaia Ascoruse 26min35s
5 Valéria Sanches Prieto Smelt/Catanduva 27min11s


*O VaiCorrendo.com não se responsabiliza por erros de nomes, colocações, tempos e equipes divulgados oficialmente pelas empresas de cronometragem.
Foto: Marcos P. Tavares/VaiCorrendo.com

© Proibida a reprodução em outras mídias.