Emagreça Saudável

24/08/2016 08:30

Nutricionista Renato Barbim*

 
O emagrecimento tem sido um dos principais temas discutidos atualmente nas redes sociais, televisão, revistas e entre pessoas que buscam uma melhor qualidade de vida. Apesar de ser um tema aparentemente simples, precisa ser abordado com muita atenção, pois além de informação, também existe muita “desinformação” circulando no mundo virtual. Os maiores erros são buscar informações em lugares errados, seguir a dieta do vizinho, comer determinado alimento pois a amiga foi em um Nutricionista e este o indicou, comer tal alimento pois o Médico que estava no programa de televisão disse que era bom, etc. Infelizmente as informações difundidas pelo meio virtual carecem de ciência.
 
A busca por melhoras no condicionamento físico, composição corporal (diminuição de gordura, manutenção e/ou aumento de massa magra), desempenho, qualidade de vida e saúde devem passar primeiramente pela busca de profissionais adequados e qualificados, tanto no ramo da nutrição como no do exercício. O planejamento sempre será individualizado, pois cada um tem exercícios, gasto calórico, objetivos, modo de vida, preferências e patologias diferentes.
 
Sempre quando o assunto é perda de peso, o ideal é que se perda somente gordura, e para avaliar isso é necessário muitos exames e estudos à fundo dos hábitos alimentares, treinamentos, erros e acertos na rotina. 
É claro que não existe regra, uma dieta pode funcionar muito bem para um indivíduo e para outro não, mas basicamente para se obter um emagrecimento com qualidade não se deve tomar medidas drásticas (não é preciso zerar carboidratos, comer um único tipo de alimento, ficar sem comer várias horas do seu dia e muito menos passar fome).
 
ENTÃO O QUE DEVE SER FEITO?
 
Dicas:
- Trabalhar muito bem a mastigação;

- Ingerir todos os macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) de forma bem distribuída e calculada por seu Nutricionista de acordo com sua rotina; - Inserir vários micronutrientes na dieta (vitaminas, minerais e fitoquímicos);
- Ingerir fibras (solúveis e insolúveis) presentes nos vegetais e cereais principalmente;
 - Ter uma dieta que lhe dê várias opções e substituições de acordo com seus hábitos e rotina;
- Tomar no mínimo 2 a 3 litros de água no dia;
- Mudar os hábitos na hora de fazer as compras e tentar ao máximo não comprar muitos produtos altamente refinados.
 
Existem outros diversos fatores que contribuem para o emagrecimento, como o estilo de vida e genética por exemplo, por isso busque sempre profissionais da área que possam te auxiliar e te deixar mais perto das suas necessidades.
 
Um grande abraço e até a próxima coluna aqui no site do corredor de rua!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Renato Barbim é graduado em Nutrição e Metabolismo pela USP de Ribeirão Preto e especialista em Fisiologia do Exercício pela UFSCAR de São Carlos. Atua em consultório particular assessorando atletas amadores e de alto nível que buscam alimentação saudável. É Consultor da empresa New Nutrition Suplementos. CRN-3 38322 / Contato: (16) 3625-8325
 
 

(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)