Exames de sangue e suas performances nas corridas

24/09/2015 07:00

Prof. Rodrigo Carvalho*
 
Grandes corredores! Estão treinando, se alimentando e descansando bem?
 
Pois é. Mesmo com a nossa rotina extremamente corrida do dia a dia, não deixamos de treinar. Mas, às vezes, esquecemos de retornar ao médico para checar como está o nosso corpo.
 
O médico, com exames básicos em mãos, poderá te dizer como estão as suas vitaminais, minerais, e outros marcadores bioquímicos importantes! Uma hemácia fundamental que devemos sempre monitorar é a chamada "hemoglobina" (frequentemente abreviada como Hb).
 
Podemos ser altamente disciplinados, mas se a saúde celular não estiver em dia, não há como melhorar o nosso desempenho. Pelo contrário, meus amigos, pioramos.
 
A hemoglobina funciona como um caminhão de transportes que leva oxigênio para o interior da célula. Então, quanto mais hemoglobina a gente possuir, mais oxigênio chegará para os músculos trabalharem de forma efetiva.
 
Os valores de referência são os seguintes: mulheres, de 12 a 15,3 g/dL (grama por decilitro) e, homens, de 14 a 17,4 g/dL. Se essas taxas estiverem muito abaixo do indicado, já pode ser um início de anemia e, anêmico, não conseguimos treinar.
 
Não deixe de fazer exames básicos: hemograma completo, fezes e urina. São baratos e você mantém a sua saúde em dia para tirar proveito nos treinos.
 
Só treinamos bem quando a saúde está 100%. Fora isso, nada de treino.
 
Um forte abraço do Mestre Atleta, bons treinos e até a próxima coluna. Aqui, no site do corredor de rua..
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Rodrigo Carvalho é especialista em treinamento esportivo de bases científicas pós-graduado pela USP de Ribeirão Preto, personal trainer e ex-atleta de elite