Gelo recupera ou previne lesão?

01/04/2016 11:39
Prof. Rodrigo Carvalho*
 
Fala Pessoal, tudo certo por aí?
 
Quando treinamos estamos lesionando nossos músculos para que eles se adaptem e fiquem mais fortes. Qual o sentido de você colocar gelo sobre o músculo pós-treino?
 
Não há necessidade de fazer isso, essa história de gelo vem lá dos anos 70. Estamos em 2016 e fazendo as mesmas coisas de 40 anos atrás. Se usarmos o gelo para aliviar uma forte dor, momentaneamente, tudo bem. Agora, tratamento com gelo para recuperar a musculatura ou tratar de uma lesão, aí não dá!
 
Abaixo, uma explicação fisiológica da pesquisadora Raquel Castanharo, mestre em Biomecânica pela USP.
 
"Quando você sofre uma lesão ou tem uma dor muscular devido a exercício intenso, o corpo se cura usando sua imunidade, em um processo chamado inflamação. O sistema imune envia células inflamatórias para o tecido lesionado para promover sua recuperação. Células inflamatórias chamadas macrófagos liberam uma substância denominada IGF-1 no tecido lesionado, o qual auxilia na recuperação muscular e de outras estruturas com lesão. Entretanto, a aplicação de gelo atrasa o processo de recuperação dificultando a liberação do IGF-1". E você colocando gelo atrapalha a performance (Sports Med, Novembro 2011)".
 
Nessa revisão científica encontraram 35 estudos sobre o resfriamento. A maioria aplicou essa técnica por mais de 20 minutos e reportou que imediatamente após o resfriamento houve uma diminuição da força, velocidade, potência e agilidade da corrida.
 
Valeu, galera?! Vamos parar com o "achismo".
 
Abraços e até a próxima coluna aqui no site do corredor de rua!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Rodrigo Carvalho é especialista em treinamento esportivo de bases científicas pós-graduado pela USP de Ribeirão Preto, personal trainer e ex-atleta de elite
 
 

(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)