Gladson disputa o ouro dos 3.000 com barreiras do Sul-Americano neste domingo

15/03/2014 12:35
Rafael Gonçalves/VaiCorrendo.com

Mineiro de Montes Claros radicado em Ribeirão Preto, Gladson Silva Barbosa (Pinheiros/SP) entra na pista do estádio Nacional, em Santiago, no Chile, às 16h40 deste domingo (16), valendo a medalha de ouro dos Jogos Sul-Americanos, competição que chega à sua décima edição.
 
Gladson, de 34 anos, é o mais experiente entre os oito competidores dos 3.000 metros com barreiras. Ele está em sétimo na lista de saída e disputa o ouro com dois colombianos (Mauricio Ceballos e Gerard Nicolas Villa), dois chilenos (Daniel Estrada e Mauricio Valdivia Verdugo), um argentino (Mariano Mastromarino), um boliviano (Ruben Toroya Paqui) e um venezuelano (José Gregorio Peña). O recorde de Gladson é de 8min35s77, enquanto que a sua melhor marca da temporada 2014 é de 8min43s19s
 
O recorde mundial dos 3 km com barreiras pertence a Saif Saaeed Shaheen (7min53s63), do Qatar, enquanto que o recorde sul-americano é do brasileiro Wânder do Prado Moura (8min14s41), conquistado em Mar de Plata, na Argentina, há dez anos.

Nos Jogos Sul-Americanos, o Brasil lidera com 71 ouros, 44 pratas e 52 bronzes, totalizando 167 medalhas e praticamente garantindo o título. Segunda colocada, a Colômbia tem 39 medalhas de ouro e um total de 117. A competição termina nesta terça-feira (18).


PROGRAME-SE
Prova: 3.000 com barreiras
Horário: 16h40 (de Brasília)
Participantes: 8
Local: Estádio Nacional, em Santiago (CHI)

Transmissão: Site oficial