Métodos de treinamento de corrida: o Método Contínuo

10/03/2014 10:48
Prof. Aroldo Costa Neto*
 
Como combinado na coluna da semana passada, a partir de hoje comentaremos um pouco sobre os principais tipos e métodos de treinamento de corrida. O objetivo da descrição destes métodos é enfatizar a necessidade de um acompanhamento profissional para a elaboração dos treinamentos e verificação dos resultados obtidos com uma periodização. Correr aleatoriamente pode até trazer benefícios, mas nunca será melhor do que seguir uma programação com base nos dados coletados em sua avaliação cardiorrespiratória. Somente desta maneira você conseguirá atingir os reais benefícios desta modalidade, reduzindo o risco de lesões e afastamento do exercício físico.
 
O primeiro método a ser discutido é o “Contínuo”. Este tipo de treino é caracterizado pela manutenção da intensidade durante todo o período de treinamento, e possui duas subdivisões: “Contínuo extensivo” e “Contínuo intensivo”. É como escolher uma velocidade (10.0Km/h, por exemplo) e manter este ritmo até o final do tempo proposto.
 
O que diferencia as duas variáveis é o objetivo do treinamento, o que os direciona para zonas diferentes de intensidade. No contínuo extensivo utiliza-se intensidade baixa e/ou moderada (normalmente abaixo de 85% do VO2 Máximo), com duração longa (de 40 até 120 minutos), de 3 a 5x por semana. Este tipo de treino consome prioritariamente ácidos graxos como fonte de energia.
 
No método contínuo intensivo passamos a utilizar intensidade moderada/alta (até 95% do VO2 Máximo para pessoas bem treinadas), com média duração (normalmente entre 20 e 40 minutos), com quantidade menor de treinos na semana devido a maior intensidade para os músculos e articulações (de 2 a 3x) em dias intercalados. Este tipo de treino utiliza principalmente os estoques de glicogênio e os ácidos graxos como fonte de energia.
 
Para saber qual o melhor treino ou periodização para as suas características e objetivos não hesite em procurar um profissional de Educação Física para prescrever o seu programa de treinamento de corrida.
 
Na semana que vem discutiremos sobre o método de treinamento intervalado. Forte abraço e até a próxima!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Aroldo Costa Neto é fisioterapeuta e educador físico
na academia Studio F3 Corpo Inteligente, em Ribeirão Preto
CREFITO-3: 32.583 - F / CREF: 042.260 - G/SP