Métodos de treinamento de corrida: o Método Intermitente

01/04/2014 11:57
Prof. Aroldo Costa Neto*
 
O quarto tipo de treinamento de corrida dentre os mais conhecidos e que discutiremos hoje é o método intermitente. Difere-se do método Intervalado por não possui pausas passivas (parado) e do método Fartlek por não alternar mais do que duas velocidades.
 
Normalmente é realizado em intensidade moderada e alta, o volume normalmente é superior a 20 minutos, duas velocidades são utilizadas e a frequência semanal de treino pode ser de 2 a 4x, dependendo do período programado.
 
É uma excelente alternativa de treinamento para quem não consegue aumentar a velocidade de corrida. Por exemplo, um indivíduo que corre uma prova de 10Km para 1h07m completa este percurso com uma velocidade média de 9.0Km/h. Um treino interessante seria explorar uma velocidade acima desta “confortável” para realização da prova, e uma ligeiramente abaixo para recuperação ativa. Sendo assim, um exemplo de treinamento desta semana seria:
 
• 1000 metros a 8.0 Km/h; 
• 1500 metros a 11 Km/h (soma= 2500 metros);
• 1000 metros a 8.0 Km/h (soma= 3500 metros);
• 1500 metros a 11 Km/h (soma= 5000 metros);
• 1000 metros a 8.0 Km/h (soma= 6000 metros);
• 1500 metros a 11 Km/h (soma= 7500 metros);
• 1000 metros a 8.0 Km/h (soma= 8500 metros);
• 1500 metros a 11 Km/h (total= 10000 metros).
 
A ideia principal é sair da zona de conforto por um período e recuperar-se em um ritmo um pouco abaixo da média atual de prova, neste caso, 9.0Km/h. Não se esqueça de que este é apenas um exemplo para compreensão do método, para potencializar o seu treinamento procure um educador físico que trabalhe com avaliação cardiorrespiratória e prescrição de treinamento de corrida.
 
Na semana que vem discutiremos sobre o método de repetição. Forte abraço e até a próxima!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Aroldo Costa Neto é fisioterapeuta e educador físico
na academia Studio F3 Corpo Inteligente, em Ribeirão Preto
CREFITO-3: 32.583 - F / CREF: 042.260 - G/SP