"Não consigo melhorar o meu desempenho". O quê fazer?

01/04/2015 08:53

Prof. Rodrigo Carvalho*
 
Olá, pessoal. Vamos iniciar aqui um canal quinzenal sobre corrida de rua. Seremos interativos, respondendo diversas dúvidas. De início, sei que é comum ouvir de um corredor: "sou amador e não busco o melhor desempenho". Mas, na verdade, todos nós treinamos para evoluir.
 
Se você faz um treino a 85% do seu vo2max (consumo máximo do oxigênio), está exigindo desempenho da sua capacidade cardiorrespiratória. Erramos em pensar que só atletas de elite buscam o melhor desempenho. O que confundimos é a intensidade.
 

 

Atleta de elite, por exemplo, treina mais e tem intensidade de trabalho maior. Ou seja, quando você faz os famosos tiros entre 13 km/h e 14 km/h, que é a média dos amadores, os atletas de elite fazem de 20 km/h a 22 km/h. Não há diferença entre os dois. Ambos estão treinando próximo do limite, mas em intensidades diferentes.
 
No princípio do treinamento esportivo, existem três etapas que precisam ser seguidas à risca para alcançar o seu objetivo. Com uma manipulação adequada dos itens que listo abaixo, o seu resultado aparecerá. Tenha a certeza disso.
 
1 - O Princípio da Individualidade Biológica
De acordo com Tubino, “chama-se individualidade biológica o fenômeno que explica a variabilidade entre elementos da mesma espécie, o que faz que com que não existam pessoas iguais entre si.” (TUBINO, 1984, p. 100).
 
Cada ser humano possui uma estrutura e formação física e psíquica própria. Neste sentido, o treinamento individual tem melhores resultados, pois obedeceria as características e necessidades do indivíduo. Grupos homogêneos também facilitam o treinamento desportivo. Cabe ao treinador verificar as potencialidades, necessidades e fraquezas de seu atleta para o treinamento ter um real desenvolvimento.
 
Há vários meios para isso. Além da experiência do treinador, que conta muito, os testes específicos são primordiais. Tenha muito cuidado em copiar o treino do amigo, pois respondemos diferentemente ao mesmo treino. Saia para treinar em grupo, mas corra dentro do pace estipulado pelo treinador.
 
2 - Princípio da Adaptação
Podemos dizer que a adaptação é um dos princípios da natureza. Não fosse a capacidade de adaptação, que se mostra de diferentes modos de intensidades, várias espécies de vida não teriam sobrevivido ou conseguido sobreviver por longos tempos e em diferentes ambientes.
 
O próprio homem conseguiu prevalecer no planeta, como espécie, devido à sua capacidade de adaptação. Treino acima do limiar anaeróbio é extremamente necessário para melhorar o desempenho da aptdão cardiovascular; no mínimo, duas seções por semana.
 
3 - Princípio da Sobrecarga
De acordo com Dantas, “imediatamente após a aplicação de uma carga de trabalho há uma recuperação do organismo, visando restabelecer a homeostase” (DANTAS, 1995, p. 43).
 
“O aproveitamento do fenômeno da assimilação compensatória ou supercompensação, que permite a aplicação progressiva do princípio da sobrecarga, pode, ainda, ser severamente comprometido por uma incorreta disposição do tempo de aplicação das cargas. O equilíbrio entre carga aplicada e tempo de recuperação é que garantirá a existência da supercompensação de forma permanente.” (ibidem, 1995, p. 44).
 
Garotinho e garotinha! Depois de executar os treinos, principalmente os intensos, é necessário o período de 24 a 48 horas para recuperação. É dentro desse período que você melhora! Portando, o descanso é a parte mais importante quando se treina. Não fique preocupado caso tenha trote no outro dia se não estiver bem descansado. É a famosa "supercompensação".
 
Então, para melhorar, você precisa de um profissional que monitore todas essas variáveis com muito critério e esqueça esse negócio de "treino de planilha de revista". A pessoa que montou sequer te conhece, como ele pode saber a sua necessidade? Então...

Até a próxima!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Rodrigo Carvalho é especialista em treinamento esportivo de bases científicas pós-graduado pela USP de Ribeirão Preto, personal trainer e ex-atleta de elite