Prepare o seu corpo para correr

09/12/2013 10:42
Prof. Aroldo Costa Neto*
 
Dando sequência à coluna da semana passada, discutiremos hoje um pouco sobre a importância da preparação muscular prévia ao início da prática de corrida. Como visto, muitos corredores recreacionais se lesionam com maior facilidade nos primeiros 6 meses de treinamento devido a alguns fatores como a ausência de fortalecimento prévio, falta de experiência, técnica de corrida não aprimorada, aumento excessivo da intensidade e do volume de treinamento antes das adaptações músculo esqueléticas e articulares, dentre outros.
 
Tanto para quem busca melhorar a qualidade de vida através da corrida quanto àqueles que querem maior desempenho, devem levar em consideração um período de fortalecimento orientado antes de se arriscar pelas esteiras, parques e ruas.  Considerando que o ato de correr é composto por uma sucessão de saltos, e que quanto mais velocidade o corredor emprega, maior a solicitação muscular e impacto para os ossos e articulações, parece não ser prudente não fortalecer os músculos envolvidos nesta modalidade antes de partir para a prática em si.
 
Os músculos dos membros inferiores (pernas, coxas e quadril) e aqueles que envolvem nossa coluna vertebral (principalmente os abdominais e lombares) são os mais solicitados na atividade de correr. Em todas as articulações temos músculos responsáveis pela estabilidade e outros pela execução do movimento. Por exemplo, no tornozelo os músculos laterais da perna ficam ativados para estabilização da articulação e os da parte anterior e posterior executam o movimento repetidamente durante a corrida.
 
O fortalecimento em academia deve ter, prioritariamente, exercícios de cadeia cinética fechada no programa de treinamento de membros inferiores, como os diversos agachamentos, stiff e exercícios para o tríceps sural (panturrilha) tomando como eixo do movimento os ante pés, são alguns dos exemplos. Ter o conhecimento de todos esses grupos musculares, tipos de exercícios e suas funções, séries, repetições, tempo de descanso nesta modalidade, faz parte do repertório teórico dos educadores físicos, converse com o seu para tirar suas dúvidas.
 
Na região do tronco, os músculos abdominais e lombares exercer dupla função: estabilidade para a coluna vertebral (musculatura profunda desta região) e mobilidade rotacional (músculos mais superficiais). A falta de força tanto na estabilização quanto na produção de movimento destes grupos interfere diretamente na saúde da coluna, que fica mais suscetível a lesões quando os músculos não exercem suas funções com qualidade.
Com esta preocupação de cuidar do corpo antes de começar a correr você diminuirá as chances de se lesionar durante seus períodos de treinamento de corrida. Fortaleça principalmente os membros inferiores e os músculos que envolvem a coluna vertebral. Não se esqueça de que o único profissional que tem competência para prescrever, orientar e acompanhar o processo de preparação física é o Educador Físico. Forte abraço, até breve!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Aroldo Costa Neto é fisioterapeuta e educador físico
na academia Studio F3 Corpo Inteligente, em Ribeirão Preto
CREFITO-3: 32.583 - F / CREF: 042.260 - G/SP
 

Comente!

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário