'Quádrupla coroa' pós-cobertura de Copa do Mundo

15/08/2014 11:25
Há dois mês, aproximadamente, terminava a Copa do Mundo e meus desafios por lá, correndo de Estado em Estado em busca do melhor material a ser publicado no jornal A Cidade, o qual desempenho as funções de jornalista, editor de esportes/repórter, a quase nove anos. Terminava a Copa e começava outro desafio: voltar a correr sem sofrer.
 
Foi difícil, sim. Entre Copa do Mundo e férias, fiquei cerca de 40 dias parado, sem treinar. E quando voltei, buscando provas mais curtas, até me surpreendi com os 30min28s nos 6 km do Circuito da Longevidade. Pensei que o pace de 5min05s (minha média habitual em 10 km) ficaria muito mais alto.
 
Como um jogador de futebol que precisa de jogo para adquirir ritmo, usei as corridas pós-Copa do Mundo para voltar à atividade. Treinei nas próprias provas. E já se foram quatro. Na semana seguinte à Longevidade, resolvi me desafiar com duas provas num intervalo de 12 horas: 25min02s nos 5 km da Etapa Marte da Night Run, sábado à noite, e 29min53s nos 6 km da 6 Milhas Bombeiros, domingo de manhã.
 
A "curta maratona" terminou na semana passada com 25min46s na Track&Field Run Series do Dia dos Pais, meu pace mais alto desde que voltei - as subidas me quebram, não treino adequadamente para isso. Não gostei dos 5min09s por quilômetro, mas como meu pai, ex-maratonista dos bons, estava lá para assistir e puxei ele nos metros finais, completando a prova comigo mesmo de calça jeans (foto), o tempo foi o que menos importou. Mesmo no sufoco, valeu muito a minha "Quádrupla Coroa" pós-Mundial. Só me resta voltar aos 10 km.
 
MINHA PÓS-COBERTURA DE COPA
PROVA PERCURSO TEMPO PACE VELOCIDADE
Circuito da Longevidade 6 km 30min28s 5min05s 11,82 km/h
Circuito Night Run - Etapa Marte 5 km 25min02s 5min00s 11,98 km/h
6 Milhas Bombeiros 6 km 29min53s 4min59s 12,05 km/h
Track&Field Run Series - 2ª Etapa 5 km 25min46s 5min09s 11,64 km/h