Qual é a sua estratégia de corrida?

11/11/2014 18:31
Prof. Aroldo Costa Neto*
 
Diferentes estratégias de corrida podem ser adotadas para a realização de determinado tipo de prova de rua. Um estudo interessante realizado por Carmo e colaboradores (2012), procurou identificar as melhores estratégias de corrida por tipo de prova, descrevendo-as com os seguintes gráficos:
 
 
O comum entre todas as estratégias é somente o “sprint final”, momento onde o corredor aumenta o padrão de velocidade demandando o máximo de energia possível para finalizar a prova, o que normalmente ocorre quando atinge 90% do percurso total. 
 
O estudo ainda relata que as melhores estratégias são as em padrão U e em padrão J, aquelas utilizadas por grandes campeões de corrida de rua, pois permitem que os atletas “poupem” energia durante um período da prova. 
 
As estratégias constante e crescente são muito utilizadas por corredores recreacionais, aqueles com menor condicionamento cardiorrespiratório e menor resistência contra os metabólitos gerados durante a corrida, como o lactato.
 
Existem variáveis fisiológicas que participam ativamente no controle da estratégia escolhida. O estresse cardiovascular, a variabilidade da frequência cardíaca e a frequência respiratória interferem diretamente sobre a estratégia de corrida. As alterações destas promovem sensação de desconforto, aumento da percepção subjetiva de esforço momentânea e consequentemente redução da velocidade de corrida.
 
Caso você nunca tenha pensado em uma estratégia para determinada prova, comece escolhendo um percurso sem tanta variação de altimetria, predominantemente plano. Realize um primeiro treino com a sua corrida padrão. No próximo treino neste mesmo percurso adote uma estratégia distinta, como o padrão U, por exemplo, onde inicia-se em alta velocidade, reduz-se o ritmo no meio e enfatiza-se o final do treino. Anote os tempos e veja a diferença!
 
Se o seu objetivo é melhorar o tempo final das próximas provas, teste em seus treinos as diferentes estratégias, elas com certeza trarão melhores resultados, ainda mais se você nunca as utilizou.
 
Obrigado pela leitura!
 
Forte abraço e até a próxima!
 
(CARMO, E.V; BARRETI, D.L.M; UGRINOWITSCH, C; TRICOLI, V. Estratégia de corrida em média e longa distância: como ocorrem os ajustes de velocidade ao longo da prova? Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, vol. 26, n.2, 2012.)
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Aroldo Costa Neto é fisioterapeuta e educador físico
na academia Studio F3 Corpo Inteligente, em Ribeirão Preto
CREFITO-3: 32.583 - F / CREF: 042.260 - G/SP