Brasileiros levam a melhor diante dos africanos na 11ª Corrida do Trabalhador

22/05/2018 15:40
Foto: Wanderson Tillmann/Colaboração/VaiCorrendo.comRafael Gonçalves/VaiCorrendo.com
 
Os atletas brasileiros foram soberanos na tradicional Corrida do Trabalhador Maria Zeferina Baldaia, disputada no último domingo (20) pela 11ª vez em Sertãozinho, região de Ribeirão Preto, interior paulista. Os africanos, dessa vez, ficaram para trás e ocuparam outras posições do pódio no percurso de 10 km.
 
O grande destaque foi a atleta Franciele Maria de Oliveira da Silva (foto), de Astorga-PR. Ela completou a prova em 35min28s vencendo a queniana Caroline Jepkemei Kimosop (36min26s), que defendia o título por ter cravado 35min10s na edição de 2017. Assim, o Brasil voltou a vencer a prova feminina da Corrida do Trabalhador depois de seis anos - a última vitória havia sido em 2011, com Sueli Pereira da Silva.
 
O pódio entre mulheres na edição deste ano ainda teve Noeme Maria Pereira, em terceiro; Patricia Miranda, em quarto; e Jaciane Barroso de Jesus, em quinto lugar. A corrida foi disputada em trecho totalmente plano, diferente dos últimos anos na Vicinal Octávio Verri com alguns aclives.
 
Na disputa masculina, a vitória foi de Carlos Antonio dos Santos, atleta de Limeira, que cravou 30min10s. Miguel Luciano, de São Carlos, foi o vice-campeão, com Walace Evangelista Caldas em terceiro e José Alves da Silva Júnior em quinto. O queniano Elijah Chebonei foi o quarto colocado da prova. Ao contrário do jejum que houve na disputa feminina, entre o homens o Brasil vem vencendo na corrida sertanezina desde 2013.
 
 
Campeões dos 5 km
No percurso mais curto, de uma única volta também com largada e chegada em frente ao Centro Olímpico Maria Zeferina Baldaia, os vencedores foram Marcelo Cabrini (15min09s) e Marlene Oliveira Silva (18min25s). Cabrini, de Araraquara, venceu a prova pela primeira vez, enquanto que Marlene, de Jardinópolis - esposa do também atleta Anoé Dias -, faturou seu segundo título (2016 e 2018).
 
A Corrida do Trabalhador Maria Zeferina Baldaia de 2018, organizada pela Paulinho Sports e que recebeu o selo premium VaiCorrendo.com de divulgação, premiou cada campeão dos 10 km com R$ 1 mil e dos 5 km com R$ 400, somando mais de R$ 13 mil distribuídos aos atletas mais rápidos.
 
 

11ª CORRIDA DO TRABALHADOR | SERTÃOZINHO-SP

MASCULINO | 10 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Carlos Antonio dos Santos ALA/YouRunning/Bira 30min10s
2  Miguel Luciano ASA/São Carlos 30min28s
3  Walace Evangelista Caldas EC Pinheiros 30min35s
4  Elijah Chebonei/QUE Luasa Sports/Caixa 30min44s
5  José Alves da Silva Júnior Luasa Sports/Caixa 30min53s
 
FEMININO | 10 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Franciele Maria de Oliveira da Silva Prefeitura de Astorga/Higashi 35min28s
2  Caroline Jepkemei Kimosop/QUE Luasa Sports/Caixa 36min26s
3  Noeme Maria Pereira Noeme Maria 37min12s
4  Patricia Miranda Sem equipe registrada 37min14s
5  Jaciane Barroso de Jesus Coyotes Run/Bergamini 37min46s

MASCULINO | 5 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Marcelo Cabrini Marcelo Cabrini/Fundesport 15min09s
2  Frederico Santos Abraão Luasa Sports/Caixa 15min28s
3  Luis Fernando Medeiros Brodowski Runners 15min40s
4  Anoé dos Santos Dias Sem equipe registrada 15min44s
5  Antonio Nunes Evangelista LRV Informática 15min53s
 
FEMININO | 5 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Marlene Oliveira Silva Jardinópolis 18min25s
2  Flávia Diniz Olímpia 19min01s
3  Eulália dos Santos W1nner/Rangel 19min30s
4  Tayane Chiamente Acqua Vida 20min13s
5  Marina Nassar Costa Marina Nassar 20min15s


*O VaiCorrendo.com não se responsabiliza por erros de nomes, colocações, tempos e equipes divulgados oficialmente pelas empresas de cronometragem.
Foto: Wanderson Tillmann/Colaboração/VaiCorrendo.com

©Proibida a reprodução em outras mídias.