Chuva e muita lama marcam a 11ª edição da São Martinho, que tem campeões inéditos nos 10 km

04/12/2019 09:45
Foto: Mario Forte/FotopRafael Gonçalves/VaiCorrendo.com
 
Bater o recorde da prova em 2019 era missão praticamente impossível para os atletas de elite que encararam a 11ª edição da Corrida São Martinho, domingo (01), em Pradópolis, interior paulista. Com chuva antes e durante a corrida rústica, o percurso ficou pesado, com muita lama e alguns pontos escorregadios que impediram os atletas de manter o ritmo. As condições do piso não permitiram recordes, mas a prova apresentou novos campeões nos 10 km.
 
Pela primeira vez os atletas Glenison Gilbert de Carvalho e Amanda Aparecida de Oliveira venceram. No masculino, o corredor mineiro de São João Del Rei cravou 32min59s nos 10 km dentro da Usina São Martinho. Ele liderou um pódio com José Roberto Pereira de Jesus, Carlos Antonio dos Santos, Edson Tiburcio Alves e Gilmar Lopes da Silva.
 
Já no feminino o título também foi para Minas Gerais. A atleta de Juiz de Fora, Amanda Oliveira, fechou a prova em 39min27s. Campeã em 2017, Thaynara Alves Pedroso dessa vez ficou em segundo lugar, à frente de Marlene Oliveira Silva. Tatiana Rodrigues Fernandes, vice em 2014, foi a quarta colocada. Milena Mara Andrade completou o Top-5.
 
Na prova mais curta da São Martinho, com 5 km, Valeria Sanches Prieto venceu pelo segundo ano consecutivo. Se em 2018, com tempo seco e muito calor ela cravou 18min04s, dessa vez foi a campeã com a marca de 19min34s. A atleta Noeme Maria Pereira, vencedora em 2017, ficou com o segundo lugar dois anos depois.
 
 
Entre os homens também teve novidade na posição número 1: Alexandre Ribeiro Pastorello fechou a prova em 16min08s e foi um dos destaques. Há dois anos ele foi vice-campeão, perdendo para Walace Evangelista Caldas. A prova deste domingo contou com aproxidamente 2 mil corredores e vem crescendo a cada ano mesmo sendo realizada sempre em dezembro, aos fins de temporada.
 
Os cinco primeiros colocados dos 10 km no geral e na categoria Colaboradores da Usina São Martinho (masculino e feminino) receberam troféus e premiação em dinheiro: R$ 1,2 mil (campeão), R$ 800 (vice-campeão), R$ 500 (terceiro), R$ 300 (quarto) e R$ 200 (quinto). Nos 5 km, a premiação foi de R$ 600 (campeão), R$ 400 (vice-campeão), R$ 250 (terceiro), R$ 150 (quarto) e R$ 100 (quinto).
 
A corrida teve organização da Paulinho Sports e também recebeu o selo premium VaiCorrendo.com de divulgação.

 

11ª CORRIDA SÃO MARTINHO | PRADÓPOLIS-SP

MASCULINO | 10 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Glenison Gilbert de Carvalho Elite Academia 32min59s
2  José Roberto Pereira de Jesus Jaú 33min09s
3  Carlos Antonio dos Santos Sem equipe registrada 33min14s
4  Edson Tiburcio Alves DRun Bionexo 33min51s
5  Gilmar Lopes da Silva Arpa/São J. do Rio Preto 34min13s
 
FEMININO | 10 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Amanda Aparecida de Oliveira Nutrimais/Sicoob 39min27s
2  Thaynara Alves Pedroso Farmácia Manipulart 40min22s
3  Marlene Oliveira Silva Jardinópolis 40min44s
4  Tatiana Rodrigues Fernandes Sigmatec 40min55s
5  Milena Mara Andrade Liv Centro de Treinamento 41min06s
 
MASCULINO | 5 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Alexandre Ribeiro Pastorello Marcelo Cabrini 16min08s
2  Victor de Oliveira Andrade Arpa 16min17s
3  Guilherme Teodoro de Souza FEAC/Franca 16min22s
4  Vanderlei Alves Tiburcio DRun Bionexo 16min25s
5  Anderson Lucas de Souza Sem equipe registrada 16min28s
 
FEMININO | 5 KM
POS ATLETAS EQUIPE TEMPO
1  Valeria Sanches Prieto Novais 19min34s
2  Noeme Maria Pereira Running For Life 20min20s
3  Magda Aparecida da Silva Elite Academia 20min53s
4  Iara Karina Vicente Ascoruse 21min27s
5  Camila Ferrão Oliveira Cia Atlética 22min10s
 
*O VaiCorrendo.com não se responsabiliza por erros de nomes, colocações, tempos e equipes divulgados oficialmente pelas empresas de cronometragem.

Foto: Mario Forte/Fotop
©Proibida a reprodução em outras mídias.