Intervalo ativo ou passivo entre os tiros?

06/10/2017 19:40
Prof. Rodrigo Carvalho*
 
Grandiosa família de atletas, tudo bem com vocês? Vamos para mais um tema aqui no nosso blog, no VaiCorrendo.com.
 
Entre os treinos de tiro de corrida, é melhor o intervalo ativo ou passivo? Sempre respondo que vai depender do treinador. Tem àqueles que preferem um, tem os que preferem outro. Mas vamos falar da aplicabilidade.
 
Nos tiros curtos, de 100 metros a 800 metros, eu prefiro usar o intervalo passivo. Ele irá recuperar o atleta o máximo possível do glicogênio muscular. Esses tiros geralmente têm intervalos maiores e a fadiga, quanto menor estiver, mais manterá a intensidade alta.
 
Nos tiros de 1.000 metros ou mais o intervalo ativo é uma ótima ferramenta, principalmente se o corredor estiver treinando para provas de 21 km ou mais. Isso porque contribuirá no aumento da força externa do coração (músculo hipertrofia o lado de fora do coração).
 
Se for correr provas longas, irá correr na velocidade de conforto. Quanto mais efetivo o coração estiver, melhor. Então, galera, tudo depende do objetivo. Façam testes durante os treinos e analisem o que se encaixa melhor pra você. Somos diferentes! O que é bom para um pode ser ruim para o outro.
 
Grande abraço, ótimos treinos e até a próxima aqui no VaiCorrendo.com, o site do corredor de rua!
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Rodrigo Carvalho é especialista em treinamento esportivo de bases científicas pós-graduado pela USP de Ribeirão Preto, personal trainer e ex-atleta de elite
 
 

(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)