O passo a passo da corrida de rua! #12

30/11/2018 07:51
Por Bruno Andrade*
 
Olá, meus queridos amigos corredores! E aí, como vão os treinos? Como já tínhamos comentado na coluna anterior, vamos tentar aprofundar mais sobre o tema biomecânica na corrida de rua e, se você vêm acompanhando o meu blog aqui no VaiCorrendo.com, já teve uma breve explanada do que trata o assunto. Vamos então dar continuidade à nossa ampliação do conhecimento.
 
Se a biomecânica é a ciência que estuda o movimento e suas aplicações buscam sempre a melhora do funcionamento do aparelho locomotor com a atividade desenvolvida, saiba que na corrida de rua houve um grande avanço técnico, justamente pelos estudos realizados na área. Foi possível analisar tantas formas e maneiras de executar os movimentos e, mesmo que em alguns casos ainda não haja um consenso do que seria o correto a ser realizado, já conseguimos identificar padrões na corrida que conseguem melhorar nosso desempenho ou diminuir consideravelmente o risco de lesões. Seguem então algumas orientações básicas para ajudar nossos amigos leitores/corredores.
 
Posição dos pés
Os pés devem estar apontados para frente. Caso isso não esteja ocorrendo, pode ser que haja algum desequilíbrio muscular ou desvio postural. Devem fazer o contato com o solo próximo ao alinhamento do tronco com o quadril, aterrissar com o médio pé é bom, mas não quer dizer que tudo está perdido se você apoia o calcanhar primeiro. Nesse caso é interessante utilizar tênis com o drop mais alto.
 
Os joelhos
Em conjunto com o quadril, a flexão do joelho exerce grande parte da força que é necessária para a realização de uma passada. Um bom alinhamento entre joelho, quadril e tornozelo é fundamental para um bom desempenho e evitar as tão indesejadas lesões. O movimento esperado dessa articulação é de uma flexão nas fases desprendimento e oscilação (quando a gente faz o impulso com a perna para trás e recolhe novamente o joelho para frente) e de extensão nas fases de contato e apoio. Neste momento é importante observar se não há queda do joelho para os lados e nem tão pouco extensão total da perna.
 
Quadril
O grupamento dos flexores e musculatura glútea bem equilibrada vão fazer toda a diferença na economia de energia do movimento desta articulação. Uma dica importante: o alinhamento das cristas ilíacas do quadril devem permanecer durante a corrida, podendo haver uma leve, muito leve, inclinação lateral da pelve, mas o alinhamento no eixo horizontal deve ser observado.
 
Tronco
Levemente inclinado para frente. Para quem já ouviu falar do princípio do desequilíbrio, essa atitude vai fazer com que a força da frenagem seja muito menor, facilitando a passada. Ainda importante observar a rotação do tronco (geralmente acontece com os braços passando a linha medial do tronco), este é um sintoma de músculos abdominais fracos.
 
Braços
Na articulação do cotovelo deve existir uma flexão próxima de 90°, que permanece praticamente estável durante toda a corrida, deixando para que o movimento de balanço ocorra na articulação do ombro. 
 
Cabeça
Mantenha sempre o queixo paralelo ao solo, isso vai manter as vias aéreas abertas e facilitara a entrada de oxigênio.
 
Taí! Desmembrado e passo a passo o que devemos considerar uma postura boa para a corrida de rua. Lembrando que apesar de pequenas alterações de postura ou desvios, são normais, e não devemos deixar procurar melhorar, mas também não podemos nos preocupar exacerbadamente e deixar de praticar com prazer a corrida de rua.
 
É isso aí galera, depois dessas dicas, todo mundo alinhadinho nas provas. Até a próxima coluna ainda seguindo o tema da biomecânica. Curtiu? Comenta aí. Abraços!
 
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Bruno Andrade é Profissional de Educação Física (Cref 082452-G/SP), personal trainer, especialista em Fisiologia do Exercício, Treinamento Esportivo e Emagrecimento pela UFSCar, e proprietário da Corre Comigo Assessoria Esportiva.
 
(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)