Quero bater meu recorde, o que eu faço? #5

10/08/2018 07:52
Por Bruno Andrade*
 
Opa! Bora pra mais um tema recorrente no mundo das corridas? Vamos lá!
 
Quando o assunto é recorde pessoal, sabemos que é um sofrimento e que precisa de muito, mas muito treino e perseverança, para conseguir bater nossa meta. Pensando nisso elenquei algumas dicas para quem quer bater sua melhor meta pessoal. E o melhor, estas dicas valem para qualquer prova ou distância!
 
Antes de começar, gostaria de lembrar que toda adaptação nos treinos ou definição de meta devem ser sempre discutidos com os seus devidos treinadores, e que estas dicas não substituem o seu treino, são apenas fragmentos que devem ser incorporado no seu plano de treinamento no momento certo.
 
Pace Atual x Pacer Objetivo
Treinar misturando o pace atual com seu pace objetivo é uma das formas de se preparar para arrebentar nas ruas. Comece então fazendo uma tomada de tempo para determinar o seu pace atual. Para provas curtas isto é bem fácil de ser feito, já se seu objetivo constitui grandes distâncias, isto pode ser mais difícil, seria interessantes utilizar cálculos de previsão de tempo de prova (podemos aprofundar mais este assunto em outras colunas aqui no nosso blog, ok?!).
 
Ritmo Alvo
Assim que tiver definido seu ponto de partida, vamos definir aonde queremos chegar. A definição do ritmo alvo é um ponto delicado na montagem de um treinamento e, para ajudar, sugiro que seu objetivo seja difícil o suficiente para gerar um desafio, mas que seja uma meta possível de ser alcançada. Pela minha experiência como treinador digo que o adequado seria algo em torno de 5%. Pode parecer pouco a princípio, mas no decorrer dos dias verá que é bem assim.
 
Planejamento
O passo seguinte é o planejamento, determine um prazo para que seu objetivo seja alcançado e este deve ter um tempo hábil para que ocorram todos os treinamentos, lembrando que ainda você pode considerar colocar alguns dias a mais na planilha, caso haja alguns imprevistos durante o período de treinamento. Distribua as sessões no período planejado e calcule quanto você precisa acelerar seu pace atual até chegar ao seu pace objetivo.
 
Avaliação
Os intervalados são os ideais para este tipo de treino, periodicamente reavalie-se e veja o quanto têm evoluído, às vezes pode ser necessário redefinir algumas metas, isto é extremamente normal.
 
Pronto, agora é só calçar o tênis e se preparar para voar baixo nas provas! Grande abraço, até a próxima! Voltamos dia 24 de agosto, aqui no Corre Comigo, do VaiCorrendo.com.
 
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Bruno Andrade é Profissional de Educação Física (Cref 082452-G/SP), personal trainer, especialista em Fisiologia do Exercício, Treinamento Esportivo e Emagrecimento pela UFSCar, e proprietário da Corre Comigo Assessoria Esportiva.
 
(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)