Trabalhar a mente é fundamental! #17

15/02/2019 07:45
Por Bruno Andrade*
 
Voltamos, caros corredores. E o assunto agora é o poder da mente sobre a corrida! Obviamente você já deve ter percebido que a cabeça é parte fundamental para um bom desenvolvimento durante treinos e provas, tanto que, o número de redes sociais que tratam apenas de motivação para atletas são inúmeras, principalmente as voltadas para a corrida de rua, esporte sensação do momento.
 
Para conseguir atingir seus objetivos, não é só necessário treinar o corpo, você irá precisar treinar a mente, também. Desistir antes da hora, não encarar aquela subida, ou não tentar dar aquele "sprint" no final da prova, podem ser sinais de que seu cérebro está mal treinado. Segue então algumas dicas para que você domine mentalmente sua corrida.
 
Primeiramente devemos observar a nossa condição de treinamento e estabelecer uma meta real de tempo e ritmo durante a prova. Planeje as passagens para cada quilômetro. Tenha em mente também sua estratégia de hidratação durante o percurso e a alimentação anterior a prova. Saber que tudo é dentro do controle é excelente para o cérebro. Mas tenha um "Plano B", entenda que algumas coisas podem sair do controle, principalmente em provas mais longas. Mantenha o controle e assim que possível, retorne ao que foi estabelecido anteriormente.
 
No dia da prova, tenha atitudes positivas, faça exercícios de autoconfiança e mantenha uma postura corporal de um vencedor. Cabeça baixa, ombros arqueados e atitudes negativas não fazem parte do perfil de alguém que terá uma excelente prova. Mantenha um sorriso no rosto e uma postura confiante (não soberba).
 
Apesar de estas dicas parecerem ter sido tiradas de um livro de autoajuda, saiba que este tipo de linguagem corporal ajuda a diminuir os níveis de cortisol e ainda aumentam os níveis de testosterona.
 
Faça várias vezes aquele treino que você não gosta. Sé você não gosta é porque provavelmente você não é tão bom naquilo, então já seria uma ajuda a mais para melhorar o desempenho, mas para a questão psicológica, isto vai fazer seu cérebro se acostumar com a sensação de desconforto. Este incômodo que sentimos em um treino que gera mais desafio é uma parte importante do processo de fortalecimento do corpo e da mente.
 
E para finalizar, essa dica já ouvi da boca de muitos campeões e em todos os esportes: faça imagens mentais de você se superando, conquistando e vencendo. Esse processo vai fazer você acreditar que é possível, e vai direcionar sua força e sua energia para a realização do seu objetivo.
 
É isso aí, pessoal. Para os próximos desafios todo mundo com a mente afiada e objetivo conquistado. Abraços até a mais aqui na coluna Corre Comigo, no VaiCorrendo.com.
 
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Bruno Andrade é Profissional de Educação Física (Cref 082452-G/SP), personal trainer, especialista em Fisiologia do Exercício, Treinamento Esportivo e Emagrecimento pela UFSCar, e proprietário da Corre Comigo Assessoria Esportiva.
 
(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)