Voltando aos treinos depois das festas de final de ano! #14

29/12/2018 16:54
Por Bruno Andrade*
 
Olá, amigos internautas e seguidores do VaiCorrendo.com! Final de ano é muita festa, comemoração e confraternização e, eventualmente, ainda rola umas formaturas no meio do caminho. E com tantos eventos na mesma época, fica difícil conseguir manter a rotina de treino e alimentação. Há ainda outro impasse: nesse período as academias e assessorias acabam entrando de férias dando ares ainda mais sombrios para o cenário.
 
De fato, esse período de descanso, quando dentro do planejamento, é essencial para o bom desempenho atlético. O corpo precisa deste tempo para se recuperar e enfrentar uma temporada de treinos e competições. Mas... Como a principal corrida de rua do Brasil - a São Silvestre de São Paulo - acontece justamente no período de festas de final de ano, essa pausa e os treinos perdidos por conta de outros compromissos, que são inúmeros nessa época, podem justamente lhe trazer alguns empecilhos, como aumento de peso e destreinamento.
 
Quando o problema for o peso excedente, uma dica da Nutricionista Isabelle Mastelaro é que "se você enfiou o pé na jaca durante este período, volte para dieta e tome cuidado com os excessos". Lembrando ainda que dietas restritivas podem diminuir seu desempenho atlético, diminuir e atrapalhar a recuperação muscular, em especial para as dietas que têm como base somente proteínas. Estas causam o aumento de corpos cetónicos, que em excesso levam a acidose e são tóxicos ao nosso organismo.
 
Dietas hipocalóricas, aquelas que visam somente diminuir o número de calorias ingeridas, pouco importando o que está sendo ingerido, também não são uma boa estratégia. A falta de aporte energético com certeza também será prejudicial!
 
Se o caso for destreinamento, então a solução é tão simples quanto a que foi dada aos quilos extras. Com uma semana de inatividade já sentimos uma pequena diferença quando voltamos a correr, mas destreinamento de verdade só ocorre para períodos acima de 15 dias. Nesse ponto é importante lembrar que perder uma semana em uma programação de meses não vai te tornar o pior atleta do mundo, mas que isso não seja subterfúgio para faltar com o compromisso dos treinamentos. O ideal é voltar à rotina de treinamento. Nada de querer compensar o tempo perdido e encher a semana com tiros e longos, que nada tinham a ver com a programação daquele período.
 
Caso tenha perdido mais que uma semana do treino programado, volte aos poucos, com corridas leves e curtas, aumente a intensidade, duração e numero de sessões de treinamento, conforme sentir que seu condicionamento está melhorando.
 
Seguindo essas duas dicas tenho certeza que entraremos para um ano novo cheios de energia e prontos para uma nova temporada de treinos e corridas. Que 2019 seja corrido para todos nós. Feliz ano novo, runners, e até a próxima coluna aqui no Blog Corre Comigo, no VaiCorrendo.com. Grande abraço do professor!
 
 
*Colunista do VaiCorrendo.com, Bruno Andrade é Profissional de Educação Física (Cref 082452-G/SP), personal trainer, especialista em Fisiologia do Exercício, Treinamento Esportivo e Emagrecimento pela UFSCar, e proprietário da Corre Comigo Assessoria Esportiva.
 
(Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, o ponto de vista do VaiCorrendo.com)